DÚVIDAS FREQUENTES

Escolha uma das opções abaixo

O Protesto é o ato pelo qual se prova a inadimplência e o descumprimento de obrigação originada em títulos e outros documentos de dívida, conforme dispõe a Lei 9492/1997. 

Qualquer título formal de cobrança pode ser protestado: contratos diversos, câmbio e alienação fiduciária, duplicatas mercantil e de serviço direta ou por indicação, duplicata rural, certidão de dívida ativa, cédula de crédito bancário, notas promissórias, sentenças judiciais, confissões de dívida, cheques, encargos condominiais e outros documentos de dívida. 

Empresas de todos os portes, prefeituras, órgãos públicos, pessoas físicas, profissionais liberais, condomínios e entidades de classe podem protestar títulos ou documentos que comprovem uma dívida.

Pelo endereço https://site.cenprotnacional.org.br/  você pode enviar títulos a protesto pela internet para todo o Rio Grande do Sul e demais Estados do país. 

 

Caso a sua empresa tenha diversos títulos a serem protestados em que o devedor é do Rio Grande do Sul, poderá conveniar-se gratuitamente com os Cartórios de Protesto do RS e enviá-los de forma online pela plataforma digital e com atendimento exclusivo. 

Para isso, entre em contato pelo e-mail contato@protestors.com.br .

Depois de realizar o pagamento da dívida, o credor precisa fornecer uma Carta de Anuência autorizando o cancelamento do protesto. 

Esse comprovante pode ser físico (para apresentar direto no Cartório) ou digital (para realizar a baixa do protesto de forma online). 

 

Com esse documento e com os emolumentos pagos, você pode retirar o protesto.

A Carta de Anuência é o documento fornecido pelo credor para que o devedor, depois de pagar a dívida, cancele o protesto e pague os custos do Cartório (emolumentos).

Ela serve para comprovar o pagamento da dívida, autorizando que o título ou documento protestado seja cancelado.

 

O credor pode solicitar a Carta de Anuência gratuitamente no site https://site.cenprotnacional.org.br

São os custos que o Cartório tem para realizar o serviço.

Esses valores são definidos em Lei Estadual. No Rio Grande do Sul, pela Lei 12.692

A tabela de emolumentos pode ser acessada aqui.

É aquele que não exige depósito prévio dos emolumentos por parte do credor/apresentante.

Nos títulos com até um ano de vencimento, quem paga os emolumentos é o devedor, no momento em que ele for dar a baixa no protesto.

Se a sua empresa enfrenta inadimplência e tem devedores espalhados pelo Rio Grande do Sul, você pode conveniá-la com os Cartórios de Protesto e usufruir de uma plataforma online, exclusiva, com um time disponível para realizar um atendimento especializado e tirar as suas dúvidas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. 

Mande um e-mail para: contato@protestors.com.br

Ou acesse:

https://www.protestors.com.br/cobre-sua-divida/pessoa-juridica

Para ser uma associação parceira e contar com um serviço exclusivo e gratuito para seus associados, entre em contato pelo e-mail: contato@protestors.com.br.

É um meio digital de intimação, que acontece quando o devedor não é localizado ou se recusa a receber a intimação, ou quando não há ninguém para receber o documento.

Após a publicação no edital, passa a contar 3 dias úteis para o pagamento da dívida antes do título ser protestado.