contato@protestors.com.br

51 3062.0745 

Rua Padre Chagas 79, 401

Moinhos de Vento | Porto Alegre 

Rio Grande do Sul - Brasil 

Buscar
  • Cartórios de Protesto

Entenda quando é possível cobrar uma dívida em Cartório, sem gastar nada.

O jeito mais eficiente de cobrar uma dívida ficou ainda mais acessível a todos.


A novidade – válida para títulos vencidos há no máximo um ano – permite que, ao comparecer ao Cartório de Protestos, você apresente títulos para cobrança, sem pagar nada. Ou seja: o credor não precisa mais antecipar as despesas de Cartório. Esses custos passaram a ser pagos inteiramente pelo devedor.


Se você é profissional liberal, MEI, pessoa física ou jurídica, pode usar a ferramenta de cobrança que já provou ser a mais eficiente de todas – e agora também a mais barata.


Empresas que possuem um grande volume de títulos também são beneficiadas, e passam a pagar somente o valor da gravação eletrônica, sem ter mais que antecipar as despesas dos Cartórios.



Mas por que o Protesto é tão eficiente?


  • Porque busca a resolução de forma amigável: ao notificar o devedor, dá também um prazo adicional para ele quitar a dívida ou contatar o credor.

  • Porque oferece tecnologia para credor e devedor resolverem tudo online.

  • Porque põe a força da lei a favor de quem trabalhou ou vendeu - e não recebeu.

  • Porque respeita os direitos do credor e do devedor, dando total segurança jurídica para todos os envolvidos.


O resultado de tudo isso: em média, 3 de cada 4 dívidas são resolvidas em até 3 dias úteis.


O Protesto é mais simples, mais eficiente -e não têm custos para o credor. Aproveite e tenha a força dos Cartórios de Protesto a seu favor.


Clique aqui e veja a lista com os endereços e contatos de todos os Cartórios de Protesto do estado.


Clique aqui e saiba como conveniar sua empresa gratuitamente aos Cartórios de Protesto e enviar os titulos eletronicamente.


Clique aqui e veja que documentos são aceitos para cobrar dívidas com os Cartórios de Protesto.


Ou entre em contato diretamente com o IEPRO - Instituto de Estudos de Protesto via contato@protestors.com.br ou pelo fone 51 3062.0745